27 out 2012

Planejar e conquistar!

Voltar à página anterior
Voltar à página anterior
Voltar à página anterior

Sonhos, planos, ação, vitória! Somos todos capazes de planejar, porem no decorrer de nossa vida, geralmente não gostamos de investir nosso tempo em planejamento, porque erradamente achamos que é perda de tempo. 

Ledo engano, quem planeja na verdade ganha tempo e diminui as chances de sua empreitada dar errado. Isso não vale somente para as empresas ou grandes projetos, no cotidiano de uma dona de casa é necessário planejar: se ao fazer compras seguindo sua intuição certamente irá perceber ao chegar em casa que esqueceu de comprar algum produto, ao invés disso, se tiver um pouco mais de organização irá analisar antes de sair de casa o que está faltando e fará uma lista, a lista é o planejamento do que será feito, com toda certeza quem faz isso economiza e ganha tempo. 

Agora se em uma simples compra de mantimentos é necessário planejamento, tenha a certeza de que em toda sua vida em tudo que for fazer, ou quase tudo, é indispensável planejar. Planejar a grosso modo é a reflexão antecipada sobre ações futuras, porem refletir é muito pouco para se obter um planejamento de qualidade, pois a rigor é obvio que todos "pensamos" antes de agir. Quem quer obter sucesso em planejamento deve seguir os passos abaixo;

1 - brainstorming ou tempestade de ideias, se desejo realizar algo porque não pensar de que formas se pode alcançar a meta, que ferramentas podem ser usadas, quais os problemas serão enfrentados, como fazer o máximo com o menor custo, enfim, devemos deixar a mente literalmente viajar, soltar as ideias... 2 - depois de pensar bastante e em várias maneiras de realizar o desejado, seremos capazes de optar por um caminho, geralmente as pessoas tem preguiça de pensar, ora se justamente isso nos difere dos demais seres, se nossa maior ferramenta é justamente o pensar, como então dispensar esse dom que deus nos deu. 3 - após decidir pelo "melhor caminho" devemos fazer outra coisa que quase todo mundo detesta, escrever os planos, essa etapa geralmente é a mais ignorada, aí é que mora o perigo, porque ao escrever cada etapa teremos uma chance única de visualizar os planos como uma fotografia onde se pode ver os detalhes. 4 - por fim na fase da ação é indispensável checar se estamos realmente seguindo os planos, porem é normal também ter que fazer adaptações quando estamos realizando o planejado porque é impossível prever todas as variáveis da vida, sendo que até essas mudanças devem ser escritas e repensadas como no primeiro ponto.

 Há  alguns anos tive a oportunidade de ver um artigo sobre uma pesquisa feita em um universidade, contava que foram entrevistados 100 jovens sobre seus planos de vida, claro que todos tinham seus sonhos e planos, a segunda pergunta era quem tinha os planos escritos e com prazos definidos, apenas 3 tinham um planejamento escrito e com datas definidas, os jovens foram cadastrados e dez anos após a primeira pesquisa foram entrevistados novamente, os 3 jovens que tinham seus planos escritos com datas definidas, eram mais bem sucedidos, tanto financeiramente como intelectualmente do que os outros 97 juntos. Moral da história, o sol nasce para todos, mas nem todos estão dispostos a saírem da sombra!

 

 

Hermerson Azevedo

 

Republicado em:

http://www.portaleducacao.com.br/Artigo/Imprimir/20601